Elos – 14

Elo é um substantivo masculino que significa, entre outros sentidos, ligação, união, continuação. Com a criação do projeto “Elos – Uma História Sem Fim…”, o setor de Comunicação Social vai interagir diretamente com beneficiários e colaboradores que aqui circulam.

Mas não é só isso! O nosso setor vai em busca de ligações das pessoas com a ACADEF. De que forma nos unimos? Qual é a sua ligação com a ACADEF? Não o que você faz aqui, mas o que te marca aqui? Que marca você deixa aqui? Como você muda a vida das pessoas que por aqui passam?

Com objetivo de humanizar ainda mais a nossa instituição, assim como de proporcionar reflexões em cada pessoa que transitar por aqui, independentemente de quem for.

O dentro e fora da ACADEF estão ligados. E você? De que forma estabelece este elo?

A decima quarta Edição do Projeto Elos
É com Gabriel Alexandre Corso
Assista ao vídeo no final da página.

É preciso entrar na água para conhecer a força que ela possui

ELOS Gabriel Corso

Desde que veio ao mundo, olhares curiosos sempre acompanharam Gabriel Alexandre Corso, 12, por onde passava. Quando o menino nasceu, foi-se descoberto que ele possuía uma má formação congênita nos membros inferiores e superiores. A surpresa para a família foi grande, porém, com o decorrer do tempo, o garoto mostrou que sua força de vontade ia além dos limites.

O ELO com a Acadef

A deficiência nunca o impediu de praticar atividades consideradas normais para uma criança de sua idade. Já muito novo, com três anos foi conduzido para tratamento na Acadef. Com o recebimento da prótese, o beneficiário rapidamente se adaptou e já saiu caminhando. Gabriel se tornou como um filho para a instituição, e o ELO entre ambos projetou no menino a possibilidade de evolução.

Sua reabilitação iniciou em 2009, Corso passou a ser assistido pela entidade, através de Terapia Ocupacional, Fisioterapia Pediátrica e Fisiatria. Atualmente, por estar em fase de crescimento ósseo ainda em curso, vem trocando o seu equipamento e recebe o suporte do LABOTEC, com aparelho especialmente desenvolvido para sua deficiência.

Para chegar à fonte é preciso nadar contra a corrente

Os pais de Gabriel, o incentivaram desde muito pequeno à prática de esportes. Com 8 anos disputou campeonatos de judô, mas após a recomendação de uma nutricionista, e por estar acima do peso, foi apresentado à natação, atividade que futuramente se tornaria sua maior paixão.

Ao conhecer a força das águas, o paciente teve a vida transformada. Se encantou pela modalidade, é atleta paralímpico e já participa de campeonatos nacionais. Em agosto de 2018, representou a Associação Esporte +, no Meeting de Natação Paralímpica, em Brasília. Tão jovem Gabriel coleciona conquistas significativas, não apenas no esporte, como na vida. Venceu as adversidades e ultrapassou marés difíceis, pois mares calmos não fazem um bom marinheiro.

Segundo Fábio Corso, pai de Gabriel, a família procura mostrar para o filho exemplos de atletas paralímpicos, como Daniel Dias, que possui a mesma deficiência e pratica o mesmo esporte que o menino, o qual confessa querer chegar um dia onde este colega chegou, se tornar um profissional e receber muitas medalhas.

O apoio da Acadef sempre foi constante na vida do menino, motivando-o a buscar o seu melhor e se superar. Gabriel vem trilhando o próprio caminho, enfrentando seus limites e conquistando o seu lugar na natação. Há cada nado, ele progride mais e avança para um futuro repleto de oportunidades, totalmente diferente do que seria sem a sua força de vontade.

Conheça outras edições do Projeto Elos.

Compartilhe em suas redes sociais