Podcast – 1° EPISÓDIO

ROTEIRO DO 1° EPISÓDIO DO PODCAST ACADEF:

‘O movimento das pessoas com deficiência no Brasil’.

Olá, bem-vindo ao podcast da ACADEF.

Aqui você fica por dentro de assuntos relacionados ao mundo da pessoa com deficiência, aos serviços da Associação e muito mais.  

No episódio de hoje vamos falar um pouco sobre o início do movimento da pessoa com deficiência no Brasil. Eu sou Renata Ramos e vou conduzi-los nesta aventura!

Sabe-se que os primeiros registros de organizações ligadas às pessoas com deficiência datam de 1854. Ano em que foi criado o instituto para cegos, fundado por Dom Pedro II no estado do Rio de janeiro. Porém, é mais de 100 anos depois que se começa a incluir a PCD dentro da sociedade.

Isso só foi possível graças aos movimentos que surgiram entre as décadas de 70 e 80. Esses movimentos foram criados devido ao momento de regime militar que o Brasil se encontrava, em que não apenas deficientes, mas outros grupos minoritários também se uniram em busca de seus direitos. Um exemplo disso, foi a Coalizão Pró-Federação Nacional de Entidades de Pessoas Deficientes, que tinha como fim traçar estratégias de lutas por direitos. Em seguida, iniciaram os encontros nacionais de entidades de pessoas deficientes. O primeiro encontro foi marcado pela força política que aproximou as pessoas com deficiência no Brasil, inspirando o A I P D, que foi a alavanca para o início dessas mobilizações.

O ano internacional das pessoas deficientes foi proclamado pelas nações unidas e aconteceu em 1981. Com o lema “participação plena e igualdade” o AIPD, teve como objetivo tomar providências em relação à acessibilidade, saúde e igualdade da pessoa com deficiência.

Para organizar as entidades de representatividade das PcDs, que surgiram nesta época, foi-se criada uma ação com o objetivo de separar as deficiências por áreas a fim de organizar e dar atenção aos seus respectivos públicos, algo que foi discutido durante o terceiro encontro nacional de entidades de pessoas deficientes. Estas organizações surgiram entre os anos de 1984 e 1987.

Em 1988, a pessoa com deficiência foi finalmente incluída dentro da constituição brasileira, a qual garantiu direitos e segurança à PCD, dentro da sociedade. Resultado destes movimentos que surgiram nas décadas de 70 e 80 e que se refletem hoje em cada vitória consagrada pela pessoa com deficiência.

Nesta época, o termo portadores de deficiência ainda era utilizado, algo que mudou, apenas anos depois, para a terminologia “pessoa com deficiência”.  De fato, os deficientes lutaram com unhas e dentes por seu espaço dentro da sociedade. Hoje, eles possuem leis de inclusão, organizações de representatividade e acessibilidade. Porém, a luta ainda é contínua e o mundo precisa conhecer mais sobre esta realidade. Através de portais como este, o segmento PCD consegue explanar a sua história para todos.

Para montar este episódio, foi usado como referência a tese de doutorado de Ana Maria Morales Crespo, denominada ‘Da invisibilidade à construção da própria cidadania: Os obstáculos, as estratégias e as conquistas do movimento social das pessoas com deficiência no Brasil’, e também informações disponíveis no site Bengala Legal. 

No próximo episódio vamos falar sobre a história da ACADEF, A Associação Canoense de Deficientes Físicos. Lembrem-se de compartilhar este episódio com todos que você conhece, assim você estará disseminando uma parte importante deste segmento. Não esqueça de nos seguir nas redes sociais: